Mapa do Site

Parques Infantis vão ser requalificados para voltarem a receber os mais novos

A intervenção inicia-se numa altura em que os parques estão encerrados como medida de segurança e de mitigação da infeção Covid-19, por forma a que os mesmos possam ser usufruídos em pleno e em segurança assim que for possível voltarem a receber os risos e as brincadeiras dos mais novos.
Parques Infantis vão ser requalificados para voltarem a receber os mais novos
A Câmara Municipal da Amadora deu início a um plano de investimento com vista à requalificação e manutenção de todos os parques infantis do concelho.

A intervenção inicia-se numa altura em que os parques estão encerrados como medida de segurança e de mitigação da infeção Covid-19, por forma a que os mesmos possam ser usufruídos em pleno e em segurança assim que for possível voltarem a receber os risos e as brincadeiras dos mais novos.

O primeiro lote de parques infantis a ser alvo de intervenção contempla 10 espaços onde serão requalificados os pisos e colocados novos equipamentos lúdicos, num investimento total de cerca de 400 mil euros:

- Parque Infantil do Moinho – Alfragide;
- Parque Infantil Delfim Guimarães – Venteira;
- Parque Infantil Abel Salazar – Alfornelos;
- Parque Infantil Jardim dos Aromas- espaço infantil – Buraca;
- Parque Infantil Ferreira da Silva – Venda Nova;
- Parque Infantil Filipa de Lencastre – Venteira;
- Parque Infantil Jardim dos Plátanos – Mina d’Água;
- Parque Infantil Isabel Aboim Inglês – Alfornelos;
- Parque Infantil Luís de Camões – Brandoa;
- Parque Infantil Atalaia 1 – Águas Livres.

Ainda neste plano de investimento, será reforçada a oferta de equipamentos para crianças com mobilidade reduzida, com a colocação de um aparelho lúdico no parque infantil da Av. Conde Castro Guimarães, na freguesia da Venteira.