Mapa do Site

COVID-19 | Autarquia reforça aquisição de equipamentos informáticos para apoiar alunos no ensino à distância

Estes equipamentos serão disponibilizados aos Agrupamentos de Escolas do concelho, a quem cabe a tarefa de identificar os alunos sem os meios necessários para o acesso ao ensino presencial. Serão cedidos a título de empréstimo, dando prioridade aos alunos do 12.º e do 11.º anos, propostos para exame.
COVID-19 | Autarquia reforça aquisição de equipamentos informáticos para apoiar alunos no ensino à distância

A Câmara Municipal da Amadora, no quadro do atual contexto de pandemia e de medidas decretadas na área da educação, nomeadamente a suspensão das atividades letivas, associou-se às escolas na procura de respostas aos desafios que a modalidade de ensino à distância coloca.

Para tal, irá adquirir 210 computadores portáteis, que se associarão aos 100 computadores doados pela empresa Addsolid - Real Estate Investment, S. A., no âmbito da responsabilidade social, que reforçarão os recursos existentes nas escolas. Foi ainda acautelado um pacote de 200 horas de assistência técnica remota para apoio de helpdesk aos alunos.

Estes equipamentos serão disponibilizados aos Agrupamentos de Escolas do concelho, a quem cabe a tarefa de identificar os alunos sem os meios necessários para o acesso ao ensino presencial. Serão cedidos a título de empréstimo, dando prioridade aos alunos do 12.º e do 11.º anos, propostos para exame.

No âmbito do processo de modernização tecnológica, foram, até à data, entregues 383 tablets nos Agrupamentos de Escolas que, neste momento, constituem recursos que as mesmas poderão utilizar na resposta à modalidade de ensino à distância.


A Câmara Municipal da Amadora tem investido, nos últimos anos, na mobilização das tecnologias digitais para fins educativos através da definição de um plano tecnológico municipal, que integra o apetrechamento das escolas com software potencialmente inovador, designadamente com a entrega de computadores, quadros interativos e tablets nos Agrupamentos de Escolas.
De referir ainda que todas as escolas de 1.º ciclo estão equipadas com rede wireless, servindo como meio de acesso remoto à internet.

“Tecnologias nas mãos dos alunos” é o mote que leva professores e educadores a recorrerem a suportes pedagógicos e científicos digitais. Todo o trabalho é monitorizado pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, que proporciona a realização de sessões de formação e acompanhamento de aulas com o apoio de professores especializados nas várias áreas de formação.

Este investimento no reforço em formação e a adoção de novas estratégias e metodologias, desenvolvidas pelos profissionais de educação, tem como objetivo levar o ensino aos alunos, adequando-o às condições de cada um.

Mais informações:
www.cm-amadora.pt/covid-19
www.facebook.com/municipiodaamadora