Mapa do Site

A importância do cuidador na comunidade em debate na Amadora

A importância do cuidador na comunidade em debate na Amadora

Decorreu no passado dia 5 de novembro, no Auditório Amadora Inova, o Seminário Cuidar e Cuidar-se, como forma assinalar o Dia do Cuidador, apresentar algumas práticas e testemunhos pessoais importantes, além de esclerecer algumas questões relacionadas com o regime jurídico dos cuidadores formais (os que fazem desta atividade profissão) e informais.

Este é um tema que tem vindo a ser acarinhado pela Câmara Municipal da Amadora, uma vez que "a experiência de ser cuidador é um desafio, acabando por ser um trabalho muitas vezes invisível, mas muito importante", como lembrou a Presidente da Autarquia.
Para Carla Tavares, "o apoio aos cuidadores é de extrema importância", pois a "institucionalização deve ser sempre o último recurso". Sendo o trabalho em parceria tão incentivado no concelho da Amadora, a autarca defendeu que entre todas as instituições "devem ser definidas metodologias para encontrar soluções de apoio a estas pessoas".

E uma dessas soluções são as ações de formação, a cuidadores formais e informais, que têm vindo a ser desenvolvidas em parceria com a Cooperativa LINQUE. Tão importantes são estas ações, que a Presidente da instituição, Elsa Mourão, adiantou mesmo que quando as ações de formação tiveram início "80% dos cuidadores formais nunca tinham tido qualquer tipo de formação anterior".

A atividade de cuidador é um trabalho invisível, muitas vezes solitário "que pode levar a casos de solidão e exclusão", alertou a Diretora do Centro Distrital de Lisboa do Instituto de Segurança Social. Além de elogiar o caminho que está a ser seguido pela CMA, "pelo permanente dinamismo e constante procura de respostas a problemas concretas", Gabriela Real destacou que o "aperfeiçoamento do cuidador tem de ser uma tendência", uma vez que "o envelhecimento acentuado é a norma em toda a Europa".

O projeto de apoio ao cuidador, implementado pela Câmara Municipal, tem como principais objetivos dotar todos os cuidadores de competências e conhecimentos na área dos cuidados às pessoas dependentes, aumentando o bem-estar dos cuidadores e das pessoas que se encontram em situação de dependência. Este projeto "nasceu de experiências pessoais de um trabalho em parceria" adiantou a Vereadora do Desenvolvimento e Intervenção Social. Susana Nogueira garante que, na Amadora, "as pessoas estão em primeiro lugar" e que "esta é uma área que a Autarquia vai manter em desenvolvimento".