Mapa do Site

Mural18 | Conheça a mais recente pintura mural da cidade, criada por Hugo Pinhão (Nark)

Mural18 | Conheça a mais recente pintura mural da cidade, criada por Hugo Pinhão (Nark)
O artista de arte urbana Hugo Pinhão, mais conhecido por Nark, acaba de realizar uma intervenção artística na cidade da Amadora, no Posto de Transformação localizado na Rua Cmte. Ramiro Correia, na freguesia da Mina d’Água. Este trabalho foi realizado entre os dias 14 e 21 de junho.
 
Esta intervenção realiza-se no âmbito da iniciativa de programação cultural em rede Mural 18, onde street artists portugueses estão a pintar murais nos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML), com apoio do Programa Operacional Lisboa 2020. O objetivo será construir um roteiro de arte urbana na Área Metropolitana de Lisboa, com a totalidade das intervenções.
 
Sinopse | intervenção artística de Hugo Pinhão (Nark)
«Os muros com rostos humanizam os espaços e derrubam os “muros” que não deixam ver a diversidade cultural que habita a cidade. A cultura que transpira em cada um que inebria um todo, que transforma a sociedade em algo maior, mais inclusiva, livre de preconceito. OS MUROS SÃO UMA CONSTRUÇÃO HUMANA. ERGUÊ-LOS OU DERRUBÁ-LOS É SÓ UMA ESCOLHA.”. A pintura mural é da autoria Hugo Pinhão (Nark) e está inserida no projeto Mural 18, uma iniciativa promovida pela Área Metropolitana de Lisboa e pelos seus 18 municípios que propõem a criação de uma programação artístico-cultural em rede.»
 
Com esta iniciativa, a AML pretende não só apoiar financeiramente os artistas envolvidos no projeto, mas também, fomentar o interesse pela arte urbana contemporânea em toda a Área Metropolitana de Lisboa e, ainda, criar focos de interesse nos espaços públicos intervencionados.
 
Através do Mural 18, está a ser desenvolvida uma programação cultural diversificada, que une agentes culturais, municípios e cidadãos, em defesa da comunidade artística e do nosso património cultural, imaterial e material.
 
 
Mais informações em www.mural18.pt.
 
Fique a conhecer melhor este trabalho, através do vídeo abaixo