Mapa do Site


todos   atividades   desporto   encontros   espetáculos   exposições   infantojuvenil   outros  

Detalhes

Início:30/11/2021 20:30

Descrição

No âmbito do projeto Amadora Cidade Compassiva, realiza-se, no próximo dia 30 de novembro (terça-feira), entre as 20h30 e as 22h00, o workshop online “Regime do Maior Acompanhado”, com Paula Guimarães, membro da Direção da Sociedade Portuguesa de Gerontologia e Geriatria e Presidente do Conselho Fiscal da Associação de Psicogerontologia.
 
Participação gratuita. Inscrição obrigatória em: https://forms.gle/nVYRJzMrAp3eKtBK6
 
Sinopse | Workshop “Regime do Maior Acompanhado”
«Porquê? Para quem? Como?
De um modo geral, as pessoas maiores de 18 anos conseguem exercer pessoal e livremente os seus direitos, cumprir as suas obrigações e cuidar do seu património, sem necessitarem da ajuda de outro.
Contudo, há cidadãos que, por um conjunto variado de razões, não conseguem, de um modo consciente e livre, sem apoio ou intervenção de outra pessoa, exercer os seus direitos, cumprir os seus deveres ou cuidar dos seus bens.
O regime do “maior acompanhado” destina-se, precisamente, a estas últimas pessoas e o seu objetivo é preservar a autonomia de que a pessoa ainda dispõe e, dentro do possível, aumentá-la.»
 
Sobre o projeto Amadora Compassiva
O projeto “Amadora Compassiva” surgiu de uma candidatura ao concurso “Portugal Compassivo: Laços que Cuidam” ao abrigo do protocolo entre a APCP e a Fundação “La Caixa” em setembro de 2019 pela Cooperativa LinQUE, tendo sido financiado durante o ano de 2020.
A Câmara Municipal da Amadora é parceira estratégica deste projeto, de modo a garantir a ponte entre a intervenção e o planeamento estratégico do território.
Este projeto pretende tornar a sociedade mais humana, desenvolvendo um programa de sensibilização social, informação e formação nas áreas do envelhecimento, da doença em fase avançada, do final de vida e do processo de luto. Através da sua ação, pretende melhorar a literacia em saúde, promover o conhecimento e desconstruir mitos, bem como envolver os cidadãos no apoio às pessoas doentes e às suas famílias na fase avançada da doença.
 
Clique na imagem abaixo para conhecer o cartaz desta iniciativa
 
30nov ws 200