Mapa do Site

Abertura Ano Letivo | Município da Amadora requalifica e investe nas escolas

Para maior conforto e segurança da comunidade educativa no ano letivo 2018/2019, a Câmara Municipal da Amadora vai investir perto de seis milhões de euros na manutenção, (5.895.000,00€) requalificação e construção de novos equipamentos ao longo dos próximos dois anos.
Abertura Ano Letivo | Município da Amadora requalifica e investe nas escolas

Para maior conforto e segurança da comunidade educativa no ano letivo 2018/2019, a Câmara Municipal da Amadora vai investir perto de seis milhões de euros na manutenção, (5.895.000,00€) requalificação e construção de novos equipamentos ao longo dos próximos dois anos.

O concurso público para a construção do novo pavilhão desportivo da EB2,3 Almeida Garret foi deliberado em maio de 2018, terá um investimento de 1.478.496.00 milhões de euros e prevê-se que o seu prazo de execução seja de 245 dias.

Além de um novo pavilhão desportivo, a autarquia realizará uma obra na Escola EB 2,3 de Alfornelos, que terá uma intervenção no valor de um milhão e novecentos mil euros(1.995.000,00 €) e outra obra no parque escolar estimada em 280 mil euros (280.175.87.00€).

À semelhança de anos anteriores, as obras de conservação e beneficiação das escolas da Amadora decorrem de acordo com os prazos de obra contratualizados com um investimento estimado na ordem dos dois milhões e quatrocentos mil euros (2.400.000,00€). As intervenções realizadas contemplaram a remoção de coberturas de amianto, a remodelação da caixilharia para maior isolamento e conforto térmico e a manutenção de equipamentos e a melhorias de espaços exteriores.

Através do Orçamento Participativo, a autarquia deu seguimento a uma proposta vencedora para a construção do campo polidesportivo exterior da Escola Secundária Mães d’ Água, cuja obra representa um investimento de 70 mil euros (70.000,00€).

Após o sucesso da experiência ocorrida nos Agrupamentos de Escolas Cardoso Lopes e Agrupamento de Escolas Pioneiros da Aviação Portuguesa, com a instalação de duas salas de aula denominadas “Futuro Digital”, equipadas com mobiliário versátil e adaptável às dinâmicas das atividades curriculares com forte recurso ao uso da tecnologia em sala de aula, nomeadamente na disponibilização de tablets e acesso à internet, a autarquia vai investir cerca de cento e cinquenta mil euros (150.000,00€) em mobiliário inovador para 46 salas.

Em 2017, a autarquia fez um investimento executado de quase nove milhões e quinhentos mil euros, (9.405.647,00€) em áreas distintas como o edificado escolar, a gestão das escolas básicas e a ação social escolar.

No âmbito do projeto “Amadora Aprender Digital” foram já entregues mais de 180 tablets às escolas participantes e em julho decorreu o III Encontro de professores e partilha de práticas: “Ensinar e aprender com tecnologias digitais”, destinado a docentes dos vários ciclos de ensino das escolas públicas da Amadora.

A cobertura da rede de Bibliotecas Escolares do concelho atingiu os 89%, o que permite a quase todos os alunos desde o ensino pré-escolar ao ensino secundário terem uma biblioteca dentro da sua escola.

No âmbito do programa Viajar nas Letras, foram desenvolvidas 60 sessões com as escolas do primeiro ciclo e jardins-de-infância, estando previsto para 2018/2019 a realização de 74 sessões.

A autarquia tem o programa de apoio às famílias, Aprender & Brincar, para todas as crianças inscritas nos 35 estabelecimentos do ensino básico do primeiro ciclo e pré-escolar, para resposta aos horários não letivos e interrupções letivas a funcionar das 7h30 às 19h30. As atividades decorrem de acordo com os projetos educativos de cada escola. Para o desenvolvimento do programa, foram celebrados protocolos de colaboração com IPSS(s),associações de pais e outras entidades como as juntas de freguesia do município.

Os refeitórios escolares, são cruciais para o bem-estar dos alunos, tendo sido distribuídas 6.500 refeições diárias, 3.800 lanches e pequenos-almoços para alunos sinalizados pelos professores. Com uma ementa de origem mediterrânea, vegetariana, e de índole religiosa.

A pensar na segurança diária das famílias e alunos, a autarquia, em parceria com os 12 agrupamentos de escolas do município e a Associação de Solidariedade Social Vencer - Casal Popular da Damaia, prossegue com o projeto “Escola Segura” e terá 21 patrulheiros, devidamente habilitados e equipados, que vão estar junto às passadeiras de peões das várias escolas Amadora durante o período letivo, a fim de reduzir a sinistralidade rodoviária.

lx2020 logo 600