Mapa do Site

Fachada da Moradia Neorromântica

Fachada da Moradia Neorromântica

Situada na Rua Elias Garcia, n.º 280, a moradia Neorromântica, inicialmente designada de “Chalet Desideria”, de acordo com o nome da sua proprietária, foi mandada construir entre 1910 e 1911 e é da autoria de Guilherme Eduardo Gomes.
Trata-se de um edifício de inquestionável valor histórico, patrimonial e arquitetónico, determinante de uma época marcante para a construção da Amadora.

Possui planta quadrangular de dois pisos e águas furtadas, com paredes de aparelho rústico no piso inferior e de tijolo de burro no piso superior rebocado a argamassa ordinária, com cobertura de quatro águas em telha Marselha, as cornijas são executadas em reboco.

Fachada da Moradia Neorromântica

A fachada principal destaca-se dos restantes alçados pela presença de composições ornamentais dos vãos que se apresentam profusamente enquadrados e decorados por elementos de cantaria; e frisos de azulejos de padrão com motivos florais a tons de roxo que se encontram na fachada do piso superior e na das águas furtadas.
A entrada da casa encontra-se a uma cota superior à da rua dada a presença de um muro de guarnição de pilares de cantaria interligados a uma armação de ferro, que a sobre-eleva, onde se encontram dois portais de acesso, executados, à semelhança dos outros vãos, em cantaria, rematados por portas de ferro.

 

R. Elias Garcia, Freguesia da Mina de Água (perto da Casa do Infantado/Palácio da Porcalhota)