Mapa do Site

Núcleo Monográfico da Necrópole de Carenque

Núcleo Monográfico da Necrópole de Carenque

Núcleo Monográfico da Necrópole de CarenqueO Núcleo Monográfico da Necrópole de Carenque é um dos núcleos do Museu Municipal de Arqueologia e encontra-se aberto ao público, de forma permanente, desde 1999.

A Necrópole de Carenque é constituída por três sepulcros coletivos escavados nos afloramentos calcários do Tojal de Vila Chã, entre Carenque e os Moinhos da Funcheira.

Descobertos e escavados, em 1932, pelo arqueólogo Manuel Heleno, estes sepulcros revestem-se de grande interesse para a compreensão da nossa Pré-História, ultrapassando a importância local que inegavelmente possuem. Por isso encontram-se classificados e protegidos como monumento nacional, pelo Decreto do Governo n.º 26:235, de 20 de janeiro de 1936.

Estes sepulcros, genericamente designados de Grutas Artificiais, por terem sido escavados na rocha, integram-se numa tradição cultural-funerária mediterrânica, mas evidenciam também características próprias de uma região que coincide, grosso modo, com o Estuário do Tejo. De entre outras necrópoles deste tipo, destacam-se, além de Carenque, as grutas artificiais de Palmela, de Alapraia, de S. Pedro do Estoril e de S. Paulo.

Assemelhando-se de alguma forma à morfologia das antas (de que podem ver-se alguns exemplares, a Oeste da Necrópole, em Queluz - Monte Abraão), as Grutas Artificiais apresentam uma arquitetura característica: têm acesso por um corredor, em regra voltado a nascente, que comunica com uma câmara funerária através de um pequeno portal de formas arredondadas. Tanto o corredor como esta claraboia estavam cobertos por pesadas lajes de calcário, fechando a estrutura ao exterior.

Os materiais arqueológicos e os restos humanos provenientes das escavações ali efetuadas estão em depósito no Museu Nacional de Arqueologia, uma vez que Manuel Heleno era Diretor interino desta instituição, quando efetuou trabalhos neste sítio arqueológico.

A construção e as primeiras deposições de cadáveres que ali estão testemunhadas remontam ao final do Neolítico (3.º milénio a.C.), altura em que se vivia já na região uma economia de base agropastoril, evoluída sob o ponto de vista das tecnologias de produção pré-históricas.

Organizam-se visitas guiadas para grupos organizados, sendo necessária marcação prévia.

Núcleo Monográfico da Necrópole de Carenque

 

Morada
Serra das Brancas, Topo da Av. Luis de Sá
Telefone: 214 369 090
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Horário de Funcionamento:
Verão – sábados das 14h00 às 18h00 e domingos das 09h00 às 14h00
Inverno – sábados das 13h00 às 17h00 e domingos das 10h00 às 15h00

 

Contactos para marcações
Museu Municipal de Arqueologia/Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira
Parque Aventura, Beco do Poço – Falagueira-Venda Nova (2700)
Telefone: 214 369 090
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 


Entrada gratuita. 


Endereço:

Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira - Núcleo Sede: Parque Aventura, Beco do Poço - Falagueira-Venda Nova - 2700 Amadora
 

Telefones:

+351 214 369 090