Mapa do Site

Contratos Locais de Desenvolvimento Social - CLDS 4G – “Moradas Coletivas”

Contratos Locais de Desenvolvimento Social - CLDS 4G – “Moradas Coletivas”
Para impulsionar uma maior coesão territorial, bem como uma mudança social efetiva nos territórios mais deprimidos, confrontados com graves situações de pobreza e exclusão social, e promover a melhoria da sua qualidade de vida e bem-estar, foram criados os Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS), que têm por finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multisetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.
 
Este Programa aplica-se a todo o território nacional, apostando numa concentração de recursos, nos seguintes eixos de intervenção:
 
· Emprego, Formação e qualificação;
· Intervenção familiar e parental preventiva da pobreza infantil;
· Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa;
· Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou capacitação e desenvolvimento comunitários.
 
A Portaria n.º 229/2018 de 14 de março, cria a 4.ª Geração dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social – os CLDS 4G, cujo principal enfoque passa a ser a intervenção em territórios com elevada taxa de desemprego e o combate às situações críticas de pobreza, particularmente a infantil.
 
No Município da Amadora, está em execução o CLDS 4G “Moradas Coletivas”, projeto dinamizado pela Cooperactiva, com enfoque nos territórios do Bairro do Casal do Silva, na freguesia da Falagueira-Venda Nova, e no Bairro do Zambujal, na freguesia de Alfragide.
 
O projeto teve início em setembro de 2020 e tem a duração de 36 meses.