Mapa do Site

O Amadora BD está de regresso em 2020 com uma programação que vai até sua casa

Conversas com autores, lançamentos de novas edições, apresentações de projetos, oficinas e muitas outras novidades relacionadas com o universo da banda desenhada portuguesa - tudo isto sem precisar de sair de casa.
O Amadora BD está de regresso em 2020 com uma programação que vai até sua casa
O Amadora BD está de regresso, entre 22 de outubro e 6 de novembro, desta vez na Bedeteca da Cidade. Em 2020, o Festival adota um novo modelo de programação, vocacionado, exclusivamente, para o universo digital, com transmissão nas redes sociais do evento. A programação inclui oficinas, conversas com autores e coletivos, lançamentos de novas edições, debates, visitas virtuais a exposições, entre muitas outras novidades sobre o mundo da banda desenhada portuguesa.
 
O Festival apresenta duas exposições na Bedeteca do Município, localizada na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos. Uma exposição dedicada ao Mestre da Banda Desenhada, José Ruy, intitulada Do Tejo ao Fim do Mundo, centrada nas viagens, tanto reais como imaginadas, pelos estudos, esquiços, argumentos e desenhos originais de banda desenhada do autor.

O Amadora BD não poderia deixar de assinalar este momento único para a criação artística, e por isso, convida 30 autores nacionais, entre desenhadores e argumentistas, para apresentarem obras realizadas durante a quarentena ou com a pandemia como inspiração. A exposição coletiva 30 + 1: A BD não faz quarentena reflete sobre esta conjuntura e o que ela significa para a banda desenhada portuguesa.

Para celebrar os 30 anos do Festival, será apresentado o filme Entre Traços: 30 Anos de Banda Desenhada. O filme documental conta-nos a história da estreita proximidade entre a Amadora e a BD, desde a sua infância à maturidade, perspetivando o lugar do evento no futuro e para as novas gerações.

A Biblioteca Municipal receberá ainda duas oficinas dinamizadas pela It’s a Book e moderadas pelas autoras de banda desenhada Patrícia Guimarães e Carolina Celas, conversas com o coletivo The Lisbon Studio, com os autores de Balada para Sophie, Filipe Melo e Juan Cavia, André Carrilho, autor do livro A Menina dos Olhos Ocupados, Ana Pessoa e Bernardo P. Carvalho, com o álbum Desvio, e os lançamentos de novas edições de BD, das editoras Escorpião Azul, com O Penteador, de Paulo J. Mendes, Ala dos Livros, com a presença de Luís Louro, autor do álbum O Corvo – Inconsciência Tranquila, e Polvo, com o lançamento do álbum de André Diniz, autor de A Revolta da Vacina.
 
 
Mais informações:

www.facebook.com/amadorabd
www.facebook.com/amadoracidade