Mapa do Site

Plano Municipal para a Integração de Migrantes da Amadora

Plano Municipal para a Integração de Migrantes da Amadora

A elaboração do II Plano Municipal para a Integração de Migrantes resulta da apresentação, e aprovação, de candidatura ao Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e financiada pelo Fundo Asilo, Migrações e Integração (FAMI), pela Câmara Municipal da Amadora, em conjunto com entidades que desenvolvem intervenção com a população migrante na cidade.

A elaboração, implementação e avaliação do Plano Municipal para a Integração de Migrantes está assente, e é integrado, no funcionamento da Rede Social da Amadora, constituindo parte do Plano de Desenvolvimento Social e de Saúde 2018-2025. Assim, estão envolvidos os vários parceiros públicos e privados da Rede, com trabalho desenvolvido na cidade. Por outro lado, e numa lógica de participação dos stakeholders, envolveram-se de forma continuada os representantes dos vários grupos de migrantes residentes na Amadora.

O II PMIM define um conjunto de ações a desenvolver até 2020, tendo como base os seguintes eixos prioritários de intervenção: Serviços de Acolhimento, Integração e Solidariedade, Emprego, Educação e Capacitação, Cultura, Cidadania e Participação Cívica e Media e Sensibilização da Opinião Pública.

 

plano municipal integra migrantes logos