Mapa do Site

"É importante trabalhar em rede e com respostas direcionadas às crianças e jovens"

"É importante trabalhar em rede e com respostas direcionadas às crianças e jovens"

Esta foi uma das conclusões avançadas pela Presidente da Câmara Municipal da Amadora, no 4.º Encontro Saúde Mental e Família: Pensar a Adolescência. Para Carla Tavares, "é preciso pensar as respostas que temos para disponibilizar", numa ótica de "otimização, que só é possível por estarmos num concelho pequeno em área".

A iniciativa, que decorreu no dia 27 de novembro na Fundação AFID Diferença, foi promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Amadora (CPCJA), em colaboração com a Câmara Municipal da Amadora, juntou a Presidente da Câmara Municipal da Amadora, Carla Tavares, a Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Amadora, Filipa Domingos, a Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Rosário Farmhouse, o psiquiatra Daniel Sampaio, além de vários técnicos de saúde e serviços sociais.