Mapa do Site

Parceiros europeus discutiram na Amadora combate à discriminação

Parceiros europeus discutiram na Amadora combate à discriminação

Realizou-se, nos dias 17 e 18 de setembro na Amadora, um encontro de trabalho com o objetivo de consolidar candidatura de projeto que visa adaptar e replicar em outras cidades europeias a estratégia “Não Alimente o Rumor!”, desenvolvida no Município e distinguida com o selo Boa Prática URBACT.

No âmbito do projeto “RUMOURLESS CITIES”, uma das 25 Redes de Transferência de Boas Práticas aprovadas pelo Programa Europeu de Cooperação Territorial URBACT III, participaram representantes políticos e técnicos das cidades de Amadora, Hamburgo (Alemanha), Ioannina (Grécia), Varsóvia (Polónia), Alba Lulia (Roménia), Cardiff (Reino Unido) e Messina (Itália). Em comum, a vontade de trabalhar e cooperar numa estratégia local anti rumores para prevenir a discriminação e aproveitar ao máximo a diversidade, desconstruindo estereótipos e preconceitos.

Este workshop marcou o encerramento da primeira fase do projeto e contou com a presença de Adele Bucella. Para esta representante do URBACT, a realização deste encontro fazia todo o sentido na Amadora, porque é uma “cidade com provas dadas em projetos de integração”, marcando desta forma, “a passagem para a segunda fase do projeto Rumorless Cities”.

Durante o encontro, os parceiros ficaram a conhecer melhor a realidade da cidade da Amadora, os desafios com que se debate e boas práticas na gestão da diversidade. A importância do envolvimento da comunidade educativa na campanha “Não alimente o Rumor!” ficou patente nos testemunhos de Elisa Moreira e Iolanda Carvalho, professoras nas escolas Seomara da Costa Primo e Almeida Garret, na Amadora. No âmbito da expressão pela arte e encorajando a quebrar estereótipos, Marina Palácio falou sobre a Oficina “Qual a Verdadeira Cor das Nuvens?” que tem vindo a dinamizar em diversas escolas do Concelho e de outros municípios portugueses.

Para a Autarquia, “tem sido fundamental o contacto com outras cidades que têm exatamente os mesmos problemas e desafios. A experiência com o Programa URBACT tem possibilitado o desenvolvimento de ações e projetos que correspondem a necessidades concretas, mas, sobretudo, uma dinâmica de trabalho em conjunto extremamente benéfica para a organização e gestão da cidade”, conforme afirmou Dina Moreira, em representação da Câmara Municipal da Amadora.

O projeto Rumorless Cities
O projeto aborda uma série de desafios e problemas que as cidades europeias enfrentam, designadamente: como construir cidades coesas e abertas; como combater os falsos estereótipos que levam a caricaturas racistas e ao crescimento de grupos de extrema-direita; como comunicar a verdade num contexto “pós facto” que é gerado pelos “media”.
As Redes de Transferência são uma tipologia nova no Programa URBACT, o maior programa europeu de cooperação territorial com enfoque nas cidades e no desenvolvimento urbano sustentável e integrado.

 logos rumorless cities site