Mapa do Site

Outros Monumentos

Outros Monumentos

Quinta Grande de Alfragide

São ainda de destacar pelo seu valor patrimonial e manifesto interesse cultural alguns imóveis como a Quinta Grande de Alfragide, datada do Século XVIII, sendo visível ainda o edifício principal.

 

 

 

Quinta do Plátano

A Quinta do Plátano, na Freguesia da Mina de Água, cuja data provável de construção reside no Século XVIII, atualmente pertencente ao Centro Regional de Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo.

 

 

 

 Quinta das Torres ou Casal dos Montijos

A Quinta das Torres ou Casal dos Montijos, na Freguesia de Águas Livres (Alto dos Moinhos), cuja construção remonta aos Séculos XVII/XVIII, mantendo-se ainda o edifício principal, o pátio e o jardim envolvente, além dos bancos e muros decorados com cacos de azulejo formando várias composições.

 

 


Portal da Quinta da Venda Nova

 

O Portal da Quinta da Venda Nova, único vestígio de uma quinta do Século XVIII existente na Rua Elias Garcia, decorado em frontão barroco com azulejos policromos figurativos.  

 

 

 Cruzeiro da Rua Elias Garcia

  

O Cruzeiro da Rua Elias Garcia (Bairro das Cruzes), datado do Século XVIII, que tem na sua composição o mármore e o calcário e é composto por três degraus.

 

 

 

  

Academia Militar

A Academia Militar, edifício construído no Século XX (anos 20) e que serviu o Campo de Aviação do Grupo de Esquadrilhas da Aviação da República e ainda conserva alguns hangares.

 

 

 

Ao nível do Património Industrial do Município, importa destacar pela sua importância o Parque Industrial da Venda Nova, onde outrora estiveram sedeadas e laboraram um conjunto de indústrias de natureza diversa – algumas ainda persistem – como a Cel-Cat, a Legrand, a Sorefame, a Sotancro, entre outras, que se revelaram importantes motores de desenvolvimento económico local. Embora se tenha começado a assistir à deslocalização de algumas empresas para fora do Município nos anos 80/90 do Século XX, toda aquela zona apresenta ainda características nítidas de antigo polo industrial.

O edifício da antiga J.B. Corsino/Legrand, empresa de material elétrico integrada no agrupamento industrial da Venda Nova, foi adquirido pela Câmara Municipal da Amadora que procedeu à recuperação da fachada do imóvel e transformou-o num espaço pedagógico onde funciona a Escola Intercultural das Profissões e do Desporto.