Mapa do Site

Villa Romana da Quinta da Bolacha

Villa Romana da Quinta da Bolacha

Esta Villa foi descoberta em 1979 durante uma prospecção ao percurso do Aqueduto Romano da Amadora.

A Villa situa-se nos terrenos a sudoeste da bifurcação entre as Estradas da Serra da Mira e da Brandoa, imediatamente antes de São Brás (para quem faz o percurso em direção ao centro da Cidade).

Insere-se numa zona de construções tradicionais que são um testemunho de um dos núcleos de povoamento mais importante e antigo da região: a Aldeia da Falagueira, que concentra quase toda a memória arquitectónica e arqueológica do que foi o território rural do Município da Amadora. A ocupação da zona envolvente da Villa Romana da Quinta da Bolacha remonta à Idade do Cobre.

Supõe-se que no Século II da nossa era já existisse uma Villa Romana, de acordo com os materiais recolhidos nos contextos de revolvimento identificados nas intervenções arqueológicas que decorrem desde 1997, inicialmente da responsabilidade do Gabinete de Arqueologia Urbana, e desde 1999, do Museu Municipal de Arqueologia.

No entanto, as estruturas postas a descoberto durante estes trabalhos, foram construídas no século III e remodeladas no século IV, tendo sido ocupadas até meados daquele século.

Villa Romana da Quinta da BolachaGraças aos trabalhos arqueológicos desenvolvidos pela equipa do Museu Municipal de Arqueologia, em colaboração com a ARQA – Associação de Arqueologia da Amadora, estudantes da Licenciatura de Arqueologia da Universidade Nova de Lisboa, Jovens do Programa Férias na Cidade e voluntários, foi possível confirmar a associação do sítio do Moinho do Castelinho, como necrópole desta villa, contando com quase 3 dezenas de sepulturas identificadas.

O Museu Municipal de Arqueologia efetua visitas guiadas ao local, destinadas a grupos e escolas do/ou fora do Município, mediante marcação prévia para o telefone 214 369 09.

A Villa romana da Quinta da Bolacha foi classificada como Imóvel de Interesse Público, pela publicação da Portaria n.º 740-DI/2012, no Diário da República, 2.ª série — N.º 248 — 24 de dezembro de 2012.

Freguesia da Falagueira-Venda Nova