Mapa do Site

Amadora junta-se a outras cidades e assina Declaração de Paris para combater vírus da SIDA

Amadora junta-se a outras cidades e assina Declaração de Paris para combater vírus da SIDA

O município da Amadora assinou no dia 10 de outubro a declaração "Cidades na via rápida para eliminar o VIH/Sida", juntamente com as cidades de Almada, Loures, Oeiras, Odivelas, Portimão e Sintra.

Em representação da Câmara Municipal, a Vereadora Susana Nogueira afirmou que o compromisso assumido é o de “identificar as fragilidades, mas sobretudo tirar partidos das forças” existentes em termos de organizações e entidades que atuam na cidade, onde existem “mais de 100 nacionalidades diferentes”, reforçando que o município se identifica com “uma visão holística da saúde”.

A cerimónia decorreu na Assembleia da República e contou com a presença do Ministro da Saúde, do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, da Diretora-Geral da Saúde e do Diretor da Agência das Nações Unidas para o VIH/Sida (UNAIDS).

O projeto “Fast Track Cities” foi lançado no Dia Mundial de Luta contra a Sida, em Paris, em 2014, e, em maio do ano passado, as cidades de Cascais, Lisboa e Porto foram as primeiras a assinar a Declaração de Paris. São agora 10, as cidades portuguesas comprometidas em atingir, até 2020, as metas “90-90-90”, que correspondem a “90% das pessoas que vivem com VIH, a saber que têm o vírus; 90% das pessoas diagnosticadas com VIH a receber tratamento; e 90% das pessoas em tratamento com carga viral indetetável”.