Mapa do Site

"Trabalho em rede é fundamental em matéria de prevenção"

"Trabalho em rede é fundamental em matéria de prevenção"

Esta foi a principal conclusão reiterada pela Presidente da Câmara Municipal da Amadora, na sessão de abertura do Seminário subordinado ao tema A Criança e o Direito a ser Amada, inserido no âmbito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância e Juventude, que se comemora durante o mês de abril.

Para Carla Tavares, a Amadora consegue fazê-lo, porque "é uma comunidade de mãos dadas em torno da promoção dos direitos das crianças", não deixando de voltar a apelar a todas as instituições da cidade "para que possam colaborar com a Comissão, destacando um técnico, mesmo que uma vez por semana".

Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, destacou a celebração dos 20 anos da criação da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, realçando "o grande exemplo que tem sido a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Amadora (CPCJA), por envolver toda a comunidade num trabalho de prevenção que tem sido muito importante", no que foi secundada pela Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens. Rosário Farmhouse acentuou o facto de a CPCJA ser "das Comissões com mais processos, mas que mesmo assim consegue dar um exemplo excecional".

Toda esta questão de trabalho em rede, parceria e partilha foi, aliás, comum a todas as intervenções na sessão de abertura do Seminário, que começou com a Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Amadora. Filipa Domingos frisou que "o sistema de promoção e proteção de crianças e jovens somos todos nós" e que "a aposta na prevenção é fundamental, porque toda a criança tem o direito de ser amada, para poder sobreviver".

No final da sessão, foi ainda prestada homenagem ao antigo Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Armando Leandro, mediante testemunhos da Presidente da CPCJA e de todos os ex-Presidentes desta Comissão.

Uma vez mais, aqui foram partilhadas histórias, emoções, experiências de vida, partilhas e ideias que ficaram como referência para a prossecução do objetivo comum a todos os presentes: a criação de um sistema que consiga promover os direitos de todas as crianças.