Mapa do Site

Amadora promove ações de alerta para os maus tratos na infância

Amadora promove ações de alerta para os maus tratos na infância
Amadora promove ações de alerta para os maus tratos na infância

Durante o mês de abril, decorrem na Amadora uma série de ações, destinadas a alertar a sociedade para os maus tratos na infância e juventude.
Organizadas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Amadora (CPCJA), com o apoio da Câmara Municipal da Amadora, irão ser dinamizadas campanhas de sensibilização, sessões clínicas, atividades dirigidas a crianças e jovens em contexto escolar, ações dirigidas às familias, o já tradicional Laço Humano, bem como o Seminário subordinado ao tema A Criança e o Direito a ser Amada.

No seminário estarão presentes Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Rosário Farmhouse, Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Carla Tavares, Presidente da Câmara Municipal da Amadora e Filipa Domingos, Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Amadora, entre outros nomes de destaque no campo da proteção e do desenvolvimento das crianças.

A ocasião servirá ainda para uma homenagem ao Juiz Conselheiro Armando Leandro, antigo Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens.

Clique para ver o elenco das ações do mês de abril e o programa do Seminário.

Destaque ainda para a entrega dos prémios do concurso de pintura Pinta os teus Direitos. Esta iniciativa desenvolveu-se no quadro dos objetivos gerais da promoção dos Direitos das Crianças e dos Jovens e da prevenção dos maus tratos a crianças e jovens, com o objetivo de sensibilizar a comunidade para o valor da infância e para a importância de uma educação atenta, cuidada e responsável, motivar a comunidade para a melhoria das práticas na educação das crianças, envolver as crianças e os jovens na consciencialização dos seus direitos e dos direitos dos outros, além de fomentar a participação e criatividade das crianças e dos jovens sobre os Direitos da Criança, através da pintura.

Recordamos que a CPCJA é uma instituição oficial não judiciária, constituída por diversas instituições, que se constituem simultaneamente como entidades promotoras desta iniciativa, a saber: Câmara Municipal da Amadora, Instituto da Segurança Social-I.P. - Setor Amadora-Lisboa, Ministério da Educação, Centro Social Paroquial da Buraca, Associação Passo a Passo, Polícia de Segurança Pública, Cruz Vermelha Portuguesa, Associação Cultural Moinho da Juventude, Centro Social 6 de Maio, Federação das Associações de Pais do Concelho da Amadora, Sociedade Filarmónica de Apoio Social e Recreio Artístico da Amadora, Centro de Bem Estar Social da Amadora, Associação de Solidariedade SUBUD, Hospital Fernando da Fonseca, Pressley Ridge, Santa Casa da Misericórdia da Amadora, Junta de Freguesia da Venteira, Junta de Freguesia de Alfragide, Junta de Freguesia da Falagueira/Venda-Nova, Associação Bué Fixe, Fundação AFID Diferença, AJPAS – Associação de Intervenção Comunitária, Associação Johnson Semedo e Associação Ajuda de Mãe.