Mapa do Site

Teresa Salgueiro vence Prémio José Afonso 2017

Teresa Salgueiro vence Prémio José Afonso 2017

O júri da 29.ª edição do Prémio José Afonso, constituído pelo Vereador da Cultura da Câmara Municipal da Amadora (CMA), António Moreira, pela pianista Olga Prats, pelo compositor Sérgio Azevedo, e por Vanda Santos, Chefe da Divisão de Intervenção Cultural da CMA, perante as obras publicadas comercialmente em 2016, ano a que se refere o Prémio, que é entregue no ano posterior à edição vencedora, deliberou – por unanimidade – atribuir o prémio José Afonso 2017 ao CD “O Horizonte”, de Teresa Salgueiro.

O álbum “O Horizonte”, de Teresa Salgueiro, representa – numa carreira que já não exige confirmação, mas apenas reconhecimento – mais um momento alto da voz e da presença desta artista que, na sua busca por novos horizontes musicais, tem sabido manter uma identidade inconfundivelmente portuguesa, porque ancorada em elementos estilísticos e emocionais que todos reconhecemos como nossos.

O júri considerou ainda dignos de menção – tendo elaborado para tal uma “short-list” – os seguintes álbuns (por ordem alfabética crescente do primeiro nome do artista / banda):

• Carla Pires – Aqui
• Celina da Piedade – Sol
• Criatura - Aurora
• Cristina Branco – Menina
• Deolinda – Outras histórias
• Gisela João – Nua
• Pensão Flor – Sul
• Raquel Tavares – Raquel
• Retimbrar – Voa pé
• Ricardo Ribeiro – Hoje é assim, amanhã não sei

Sobre o Prémio José Afonso
Instituído em 1988, o Prémio José Afonso tem o objectivo de homenagear o autor de Grândola Vila Morena, incentivar a criação musical de raiz portuguesa e animar turística e culturalmente a Amadora.

Este Prémio, que tem por objecto galardoar um álbum editado no ano anterior ao da atribuição do Prémio e cujos temas tenham como referência a Cultura e a História Portuguesa, já distinguiu diversos artistas.