Mapa do Site

Amadora em Festa! | Conversas na Rua | Edição de 2017 trouxe mais cor à cidade

Amadora em Festa! | Conversas na Rua | Edição de 2017 trouxe mais cor à cidade

Terminada que está a última intervenção projetada para a edição 2017 do "Conversas na Rua", é seguro dizer que a Amadora é cada vez mais a capital da Arte Urbana. Este ano, coube a Kruella D'Enfer, Ana Dias & Nuno Alecrim, Odeith, Draw & Contra e Estúdio Altura a responsabilidade de intervencionar os espaços escolhidos.

Esta edição procurou continuar o legado da pintura mural já existente na cidade (contam-se mais de 100 registos entre monumentos de arte pública, painéis de azulejo, murais de foro político-ideológico, e expressões artísticas urbanas contemporâneas, entre as quais o graffiti e a street art - Mapa do Graffiti na Amadora). Das edições anteriores, registam-se 12 intervenções e 10 artistas participantes, em sete locais da cidade.

Kruella d’Enfer
Artista visual e ilustradora portuguesa, Kruella d'Enfer (1988) refugia-se no seu universo visual encantado, suscitando um profundo sentimento de deslumbre com as singulares criaturas que habitam os seus recantos escuros e misteriosos. Sente-se como peixe na água a pintar, quer murais em grande escala, quer trabalhos intimistas em papel e tela. Habitualmente, reveste-se de uma paleta de cores contrastantes e formas geométricas que procuram dar vida a lendas, mitos e outras memórias. Desde 2010, expõe regularmente em mostras individuais e coletivas.

Odeith
Odeith nasceu em 1976, na Damaia. As suas primeiras experiências foram realizadas na rua e em linhas de comboio e, desta forma, a paixão que sempre tinha demonstrado pelo desenho encontrou um novo sentido e pôde, deste modo, desenvolver-se. Em 2005, afirmou-se internacionalmente pelas inovadoras incursões na chamada anamorphic art, onde se destacou pelas composições criadas em perspetiva e pintadas em diferentes superfícies, como esquinas de 90º ou da parede para o chão, criando um efeito de ilusão ótica.

Draw & Contra
Frederico Draw e Rodrigo Contra, partem do Porto em direção a Lisboa para integrar a 3.ª edição do “Conversas na Rua”. Membros do Colectivo Rua, desenvolvem um trabalho colaborativo que se debruça, essencialmente, na relação entre as formas monocromáticas da figura humana de Draw e os elementos abstratos que exploram cores e texturas de Contra. As suas práticas artísticas complementam-se, reunindo, até à data, um vasto portefólio de colaborações em território nacional, e internacionalmente.

Nuno Alecrim
Com formação em Design Gráfico de Comunicação, Alecrim tem vindo a explorar as artes plásticas. A sua inspiração advém da natureza e do contacto com diferentes culturas. Minimalismo, geometria, texturas e padrões são o seu principal foco. As suas obras são maioritariamente a preto e branco, vincadas pela influência das suas raízes no design gráfico, pela ligação ao primitivo e ao elementar. No seu trabalho usa várias técnicas: pintura, serigrafia, xilogravura, stencil; e materiais: cordas, lã, plantas e outros elementos naturais. É com estas técnicas que tem desenvolvido padrões em têxteis, papel, telas e murais.

Ana Dias
Ana Dias nasceu em 1986, em Leiria. A artista plástica e ilustradora é licenciada em Artes Visuais e Multimédia e o seu percurso artístico explora, sobretudo, a ilustração e a banda desenhada com referências na caricatura e no desenvolvimento de personagens autorais. Partindo do desenho, a sua maior paixão, Ana Dias revela uma faceta multidisciplinar devido às suas incursões, também, na pintura, escultura, fotografia, arte digital, colagem, e outros formatos.

Estúdio Altura
Eles estão à Altura do desafio, num espectro de projetos que vai desde a arquitectura à pintura mural, passando por branding e ilustração. Conheceram-se a pintar na linha de comboio, formaram a sua crew e passaram a dividir paredes sem nunca mais se terem largado. Hoje, um designer e outro arquiteto, procuram mudar o mundo ao seu estilo, com uma pintura virada para a cidade mas que revela diferentes influências.